A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informa que, conforme a Nota Técnica (nº 297/2021), o Plano Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde estabeleceu como grupos prioritários de vacinação contra Covid-19, em função da exposição, os trabalhadores das forças de segurança e salvamento e forças armadas, na seguinte ordem de prioridade:

• Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;
• Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimentos pré-hospitalar;
• Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra Covid-19;
• Trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público, como barreiras sanitárias e fiscalização de estabelecimentos.

A Sesa recebeu, nas duas última remessas, 1º e 8 de abril, respectivamente, o quantitativo referente à 3.248 doses de vacinas contra a Covid-19, o que representa 12% da estimativa populacional deste grupo.

No dia 09 de abril, a pasta distribuiu um quantitativo de 3.890 doses da vacina da CoronaVac para 177 municípios, de acordo com o levantamento dos cadastros no site do Saúde Digital. A meta é cadastrar 20.822 profissionais da segurança, de salvamento e das forças armadas.

O cadastro de vacinação do Saúde Digital foi realizado para distribuir proporcionalmente as doses de acordo com a proporção de endereços entre os municípios.

Cada município tem acesso à lista nominal dos profissionais no Saúde Digital. Junto às corporações, os municípios devem ser os responsáveis pela priorização e aplicação do imunizante.

FONTE: O ESTADO CE