O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou na manhã desta segunda-feira (12), em suas redes sociais, que está entrando, ainda hoje, com ação no Supremo Tribunal Federal (STF), para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)autorize a liberação das 5,87 milhões de doses da vacina Sputnik V adquiridas de forma direta pelo Ceará junto ao Fundo Soberano Russo.

“A Sputnik V já é utilizada em cerca de 60 países, com eficácia de 91,6%. Iremos a todas as instâncias possíveis para que as vacinas que adquirimos cheguem o mais rápido possível para imunizar nossa população”, escreveu Camilo.

O Estado fechou a compra das doses de vacinas contra a covid-19 em 20 de março e desde então aguarda liberação da Anvisa.

Relatório
No último domingo (11), conforme publicado pelo portal UOL, a Anvisa cobrou relatório técnico do imunizante ao Ministério da Saúde da Rússia. O relatório é fundamental para a avaliação da Anvisa que atestará a eficácia, qualidade e segurança da vacina. Em nota, a agência afirmou que “diante da ausência das informações necessárias para emissão do parecer, a Agência realizou diligência para complementação e esclarecimentos”.

FONTE: O ESTADO CE