Diante da iminente diáspora afegã e em apelo da Organização das Nações Unidas, o Brasil avalia receber afegãos em programa de visto rápido a refugiados. Devido ao controle assumido pelo Talebã no Afeganistão, cenas de afegãos desesperados tentando fugir do país com alguns pendurados em aviões ganharam o mundo, mediante estes acontecimentos, a Organização das Nações Unidas fez um apelo para que os países abram suas fronteiras e recebam os refugiados.


Caso o Brasil aceite viabilizar um sistema de visto humanitário para os afegãos, isso cria um caminho para facilitar acesso ao território brasileiro. Diferente de um visto de refúgio, que deve ser solicitado pelo estrangeiro quando o mesmo já estiver em território brasileiro, o pedido de visto humanitário pode ser feito em consulados brasileiros no exterior, antes do embarque, e costuma ter tramitação rápida.


Além da facilitação de entrada, a pessoa já chega ao Brasil com autorização de residência e direito de trabalhar, podendo ser assistido pelo sistemas de saúde e educação, sem ter que esperar a tramitação do processo de refúgio, além disso, a concessão costuma ser mais célere, pelo reconhecimento prévio da existência de crise, violência ou violação de direitos humanos no país de origem do estrangeiro.

Redação e edição: Rádio Metropolitana Am 930