Pfizer anuncia que vacina contra Covid-19 é segura para crianças entre 5 e 11 anos. Estes são os primeiros resultados divulgados pela Pfizer para esta faixa etária para uma vacina contra a Covid-19 dos Estados Unidos, porém, os dados ainda não foram revisados por pares. A farmacêutica disse que planeja submeter os dados compilados para esta faixa etária à FDA (Food and Drug Administration) dos EUA para autorização de uso emergencial em breve. 


O ensaio incluiu 2.268 participantes com crianças entre 5 e 11 anos de idade, usando um regime de duas doses da vacina administrada com 21 dias de intervalo. Estes testes usaram uma dose de 10 microgramas que é menor do que a dose de 30 microgramas, usada para pessoas com 12 anos ou mais, “a dose de 10 microgramas foi cuidadosamente selecionada como a dose preferida para segurança, tolerabilidade e imunogenicidade em crianças de 5 a 11 anos de idade”, disse a farmacêutica Pfizer.



As respostas imunológicas dos participantes foram medidas observando-se os níveis de anticorpos neutralizantes no sangue e comparando-os a um grupo de controle de 16 a 25 anos de idade que recebeu um regime de duas doses, com a dose maior de 30 microgramas. A Pfizer afirmou que os níveis se comparam bem aos de pessoas mais velhas que receberam a dose maior, demonstrando uma “forte resposta imunológica neste grupo de crianças um mês após a segunda dose”, continua, “além disso, a vacina foi bem tolerada, com efeitos colaterais geralmente comparáveis ​​os observados em participantes de 16 a 25 anos de idade”, disse a farmacêutica. Um porta-voz da Pfizer também confirmou que não houve casos de miocardite, um tipo de inflamação do coração que tem sido associada a vacinas de mRNA.

Redação e edição: Rádio Metropolitana Am 930